Vai que é tua

6 Comentários

Dia de sol na Vila Olímpica. E na casa dos Silva, também.

Com a mãe tomando posição.

Acorda um, dois, três, põe a casa em pé e eles partem. É café, mochila, um que engasga, outro que golfa, com ela entrando na fase dos arremessos. O bloqueio cresce pra cima dela. Que mira e lança: pratos, copos, fraldas e no rebote vão as crianças. E tem barreira na porta da escola. Mas ela esquiva num lance livre e chama na responsa: é de mãe pra filho, garotinha!

Continuar Lendo »