A bola fora da Fifa

2 Comentários

Poucos tiveram a chance de desfrutar das pérolas da Fifa na cartilha “Brasil para iniciantes”. Caso não tenha sido um dos sorteados, não se desespere. Discorro sobre ela, com você. 

Não chega a ser um guia de sobrevivência nas selvas, já que não cita ataques de tarântulas assassinas, nem como sair ileso a um cerco de jaguatiricas famintas. Mas um manual, repleto de maneirismos, de como aguentar uma semana inteirinha na roça. Ou entre nativos de uma tribo bacaninha, que adoram açaí e não comem seu pai, nem sua mãe (talvez só peçam seu escalpo, pra guardar de lembrança, ou doar, quando conectados a alguma nova ação do facebook). Ao melhor estilão jungle-tech.

Algumas dicas são de doer. Se bem que outras passem até por pertinentes, como aquela que diz que brasileiro não liga quando promete. Veja bem. Nesse caso, a culpa é mais sua do que minha. Tem coisa que não adianta forçar. Depende da empatia. Do momento. E do climão que rolou na véspera. Entregou fácil? Só sinto. Vai mofar ao lado do telefone (celular tijolão, sabe? É que 5S aqui não pega. Quem sabe com um Bombril pendurado na ponta. Boa ideia! Vou tentar).

Blatter aproveita para reclamar do nosso jeitinho brasileiro. Que falamos com as mãos e gostamos muitos de beijar. Ô, meu caro, dê uma mãozinha aqui, que agora fiquei confusa: quer que eu te ligue, mas não quer que eu te beije. É isso? Estranhos esses europeus, muito estranhos.

Entre os conselhos sui generis, sobrou até para as nossas charangas: em se tratando de trânsito tropical, carro maior é o sempre chega primeiro. Quer saber? Achei genial! Por isso aposentamos os fuscas, os smarts e as motonetas. Em tempos de Copa, o negócio é dirigir basculante e retroescavadeira. Estacionar? Bobagem. Põe na vaga do seu Joseph.

E a implicância não para por aí. Veio dizer que brasileiro é tão bonzinho, pena que adore furar fila. Alto lá, senhor gringo! Com coisa séria não se brinca. No Brasil, fila é questão de saúde pública. Pressuposto de hospital. Sem médicos, remédio, ou leitos para deitar e definhar. A solução é desencarnar direto. Sem escalas. Direito de morrer a turma até que tem. Não tem é onde. Nem como. Ou dinheiro que dê para o gasto.

Money? A gente bem que tinha. Mas é tanto deputado para sustentar que fica difícil. Tem ainda os superfaturamentos e a dinheirama enterrada nas construções dos seus estádios. Gostou, foi? Que bom! Também achei bonitinho. Olhando de perto dá até um aperto no peito. Uma vontade imensa de chorar. Mas não é tristeza, não. Está mais para desgosto. Coisa de sertanejo bobo. Mas, passa. Assim que o Neymar fizer um gol.

E nada de topless, que aqui não é a house of the mother Johanna. Só parece. Mas não é. E nem invente de bulir com nossas indiazinhas ou coisa que o valha. É que aqui você não vai preso, mas corre o sério risco de ser abordado pelo pai da moça, oferecendo a caçulinha pela metade do preço.

É. A coisa está feia, seu Fifa. Ainda bem que vocês estão felizes. Afinal, brasileiro é apaixonado por futebol. E gosta de ingresso ainda mais do que gosta de banana. E rodízio com picanha. E cerveja.  E futebol. Ah, já disse futebol? Então, . Foi mal…

E os momentos de sabedoria seguem, jorrando. Mas vou pinçar só mais um. Que não gosto de injustiça. E muito se enganam os que afirmam que não topamos nossos muy queridos hermanos. Principalmente se têm o talento de um Gael Garcia Bernal. Ah, ele é mexicano, é? Ou o charme de um Javier Bardem. Espanhol? Sei… Bom. Eu tentei. Então desço aqui mesmo. Em Brasília. Como? A distância entre Brasília e Buenos Aires? Um tirinho. No próprio pé. E antes de sair, faça-me um favor. Vai ver se estou lá na esquina, entre a Florida e a Córdoba. Dançando um samba.  A lá Gardel. Esperando agosto chegar…

 Imagem

2 comentários sobre “A bola fora da Fifa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s