Essa eu quero ver

Deixe um comentário

Jurou que não demorava e entrou. O banheiro era pequeno. De assanhada que estava, nem reparou na companhia. Quando viu, já era tarde.

_Desculpe! Não sabíamos que a suíte estava ocupada…

_Ande. Vim te buscar.

_Hum?

_É isso mesmo. Sou a morte, caso não tenha percebido. E essa é sua deixa. A fatídica saideira.

_Hã?

_Ficou dislexa, foi? Time is over, baby – como ela não se movia, só piscava, ele seguiu explicando_ Deu bug no game.  Água no mingau. Espichou as canelas. Bateu com as doze. Empacotou. Ficou pra próxima. Virou adubo… Será que me fiz entender?

_Faz ideia de quem está naquela cama me esperando? Não posso morrer assim. Ainda sou virgem, sabia? – nem ouviu a resposta _ Se for piada, não tem graça nenhuma! Justo eu, meu Deus, justo eu! Que estudei tanto, trabalhei tanto. Pra entrar no céu assim: rímel borrado e cinta-liga de oncinha…

Foi quando ela lembrou de perguntar _E a trajetória?

_Quem?

_A viagem, ué! É longa? Faz frio? Tá mais pra looping acelerado ou retrocesso em slow motion? Vou logo avisando que enjoo fácil e me ralo de medo de altura…

_Tá achando que vamos pra Disney? Tudo que tem a fazer é me abraçar.

_Só isso? Sem mais?

_Uhum.

_E aquela história toda de ficar flutuando envolta do próprio corpo? Com luzes brilhando no final do túnel. Encontro com entes queridos. Anjos solfejando em sânscrito…

_Bebeu, menina?

_Não fumo. Não bebo. Acordo cedo. Não como carne. Evito doces. Nunca me deitei com um homem. Não tenho namorado. Trabalho por três e ganho um quinto do que mereço…

_E ainda quer ficar mais? Devia estar me agradecendo. Venha. De cá um abraço forte!

_ Que tal remanejar? Trocar um nome por outro. Sei lá…

_Não posso. Está escrito.

_Onde? Quero ver. Tem mandato?

_Estou perdendo a paciência.

_ E eu, a vida! Truco. E não vou!

_Esqueça o abraço. Sente aí e tombe a cabeça para o lado.

_O quê? Morrer sentada numa privada? Chance zero, amigão! E os meus investimentos? Quem cobre? Fiz chapinha. Passei fome. Tirei barriga. Botei peito. Botox. Detox

_Também não é fim – mas reconsiderou _ Bom. Na verdade, é. Já podemos ir?

_Então, leve ele – e indicou o outro, que cochilava.

_Tá doida, é?

_Assim não vou sozinha – e acrescentou_ Lá não tem celulite, casa de swing, nem traição, certo? Então só pode ser o paraíso! Aí é deixar Deus unir e embuchar, de cara, de uns quatro querubins. Se for bonzinho, dou o primeiro pra você batizar…

_Fui dar trela, olhe no que deu – culpou-se a morte _ Aqui diz, claramente, que é pra levar por infarto. Não por surto psicótico. Vai sobrar pra mim. Já vi tudo – suspirou _ Escute aqui, ô, fora da casinha: quero propor um acordo. Você vai até lá. Faz o que tiver que fazer. E, quando melhorar, me chame.

_Você volta?

_Nem morto. Já perdi tempo demais contigo, minha filha. Um grito e pronto. Já era. E veja se não tumultua.

Tudo certo e acordado. Morte sai. Entra ela. Ávida como nunca. Lambendo tudo pelo caminho. Pernas, braços e bocas. Catando o moço de jeito. Que não deu nem pro começo. Arriou. Chiando enlouquecido. Que nem chaleira rachada. Num urro absurdo de prazer inenarrável. Sem esperar por ela. Que ficou na vontade. Quase lá. Faltando só um bocadinho. Pois o fulano tombou de lado. Fulminado. E virou história.

Me leve junto, implorava a doida. Não me deixe aqui sozinha! Eu quero ir com você! Preciso ir com você… E chacoalhava o morto. Que ia e vinha, sorridente. Mas seguia morto. Mortinho da Silva. Para todos os efeitos.

A morte, atrasada pela primeira vez na sua história, nem se importava com o engano. Mesma idade. Quase o mesmo tamanho. O problema era o sexo do falecido. Mas, qual é? Acidentes acontecem. Melhor não dar Ibope.

Quanto a ela. De volta ao fim da fila. E no plantão de outro. Mais encardido e graduado. Que é pra não ter meu pé me dói. Quero ver bulir com esse. Ah, dessa vez, eu quero ver…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s